Os maiores influenciadores de moda e lifestyle do Brasil

Dossiê da Hemp Beauty: 5 perguntas respondidas por especialistas sobre o assunto

Já passou da hora de quebrarmos o preconceito bobo com a hemp beauty. E digo bobo porque muitas vezes a rejeição por dermocosméticos que contém CBD (ou canabidiol, um extrato sem os conhecidos efeitos psicotrópicos da Cannabis) em sua fórmula parte da desinformação. E antes que você pergunte: não, um creme com este ativo não vai te dar barato. Na verdade, ele vai hidratar a sua pele e agir como um relaxante, antioxidante e antiinflamatório poderoso.

No ano passado, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) liberou a importação e comercialização em farmácias de medicamentos com CBD em sua fórmula, mediante prescrição médica. O que não abriu caminho para o plantio ou para produtos de skincare ou maquiagens, ou seja, para todos os itens de hemp beauty. O que é uma pena, pois mundo afora já existem inúmeras linhas de cosméticos que apostam no CBD como diferencial. Entre as marcas mais conhecidas e com opções “verdes” à venda ao redor do globo estão Avon, Lush, The Body Shop, Kiehl’s e outras. 

Foto: @georgialovve (Instagram)

Mas o fato destes produtos hemp beauty não poderem ser vendidos legalmente no Brasil não nos impede de pesquisar e entender mais sobre o assunto. Afinal, a tendência é de que os estudos científicos que comprovam a eficácia do CBD só cresçam, o que cedo ou tarde justificará a liberação por aqui. E quando isso acontecer, você já estará bem informada, pois conversamos com a dermatologista, que estuda o assunto, Silvia Quaggio e com a Poli Rodrigues, fundadora do Blazing Beauty, marketplace especializado em hemp beauty (mas que não comercializa produtos com CBD ou THC). Perguntamos a elas tudo o que você precisa saber. Confira:

 

1. O que é hemp beauty?

Poli: Hemp Beauty ou hemp derived beauty é uma vertente da indústria da beleza que tem como foco principal produtos com derivados de cânhamo (um tipo de cannabis sativa) em suas fórmulas.

Dra. Silvia: É uma área do mercado de beleza que se pauta na substância química presente na planta cannabis sativa para produção de produtos. Vale lembrar que a solução do canabidiol (CBD) é um produto classificado como fitofármaco. Ele não é psicoativo como o THC (tetra hidrocanabidiol) também presente na planta.

2. Canabidiol e cânhamo são a mesma coisa? Qual a diferença? 

Poli: Não, o canabidiol é um outro cannabinoide (como o THC) e ele está presente nas FLORES do cânhamo. Assim como vitamina C não é laranja, entende? O cânhamo é a planta/espécie e o canabidiol é apenas um componente presente nas flores dessa planta. Fun fact: além do THC e CBD, existem pelo menos mais 110 cannabinoides com propriedades medicinais nas flores da cannabis.

 

3. O que difere a maconha (droga) do cosmético com derivados de hemp?

Poli: Para explicar a diferença entre maconha e hemp, eu sempre gosto de usar uma analogia com uvas e vinho. Assim como a condição climática e a própria intervenção humana determinam o tipo de uva, com a cannabis é a mesma coisa. Você tem uvas para vinho tinto, uvas de vinho branco, uvas de região X com características únicas e para a produção de um vinho específico. Funciona assim com a cannabis também. Estima-se que há pelo menos 10 mi anos a humanidade vem cultivando e fazendo uso da planta e como todo recurso natural dominado pelo homem, a cannabis também passou (e ainda passa) por seleções genéticas para se adaptar melhor às nossas demandas de uso. Ao longo do tempo, fomos selecionando genéticas para o uso têxtil, para fibras e cordas, alimentação, tratamento de doenças e até uso religioso. 

O hemp/cânhamo é uma espécie de cannabis com 0,3% ou menos de THC e ele é majoritariamente para uso industrial. Isso significa que é uma espécie não indicada para consumo medicinal ou social como a maconha é, porém com diversos outros benefícios como altos níveis nutricionais, efeitos antiinflamatórios e grande rendimento de fibras.

Dra. Silvia: Bom, a maconha possui variedades com diferentes concentrações de canabidioides, que são as substâncias semelhantes à endorfina e que provocam uma sensação de bem-estar no sistema nervoso central. Os dois tipos mais conhecidos são o THC (tetrahidrocanabinol), responsável pelo efeito psicoativo da maconha, e o CBD (canabidiol). Porém, essa substância não possui o efeito psicoativo do THC e tem alto poder antiinflamatório e antioxidante, sendo usada nos medicamentos e cosméticos.

O que é hemp beauty - O que é hemp beauty - O que é hemp beauty - O que é hemp beauty - O que é hemp beauty - https://stealthelook.com.br

Foto: @highonhemp (Instagram)

4. Quais são os benefícios comprovados (ou não) do hemp para a nossa pele?

Dra. Silvia: São alguns os benefícios. Há indicações que tenha efeito no sistema imunológico, o que significa que o ativo é capaz de controlar o processo inflamatório comum em várias doenças de pele. E mais: estudos realizados em 2019, investigaram também os efeitos terapêuticos da pomada com CBD administradas em cicatrizes, psoríases, dermatites atópicas.

Poli: Para falarmos do hemp, precisamos especificar de que parte da planta estamos falando. No caso, das flores podemos extrair o CBD que tem propriedades anti-inflamatórias e é um aliado no tratamento de doenças inflamatórias como acne, por exemplo. Das sementes – que são também consideradas uma superfood – você consegue extrair o hemp seed oil, um óleo vegetal (igual ao azeite, óleo da semente de uva etc) que tem propriedades antioxidantes devido ao alto nível de ômegas 3 e 6 encontrados nas sementes. Importante: cuidado para não confundir com o “óleo medicinal/óleo de cbd”, esse vem das flores! Já nas raízes temos propriedades regenerativas e anti-inflamatórias. A responsável por isso é a canaflavina, um composto 10 vezes mais forte que a aspirina. Então balms cicatrizantes, soothing creams e cremes relaxantes são possibilidades de aplicação.

5. Por que eu deveria dar uma chance à hemp beauty?

Poli: Porque existem diversos benefícios. O hemp seed oil, por exemplo, é um dos poucos óleos vegetais não-comedogênicos, ou seja, ele não obstrui os poros, sendo um óleo super recomendado para peles oleosas e acneicas. O cânhamo é uma planta incrível e única! Suas fibras são as mais fortes, suas sementes são super nutritivas, suas raízes limpam e regeneram o solo e suas flores podem servir de tratamento para inúmeras patologias. 

Além de todas essas singularidades que você só encontra nessa planta, eu acredito que a hemp beauty carrega consigo algo muito bonito que é a subversão do discurso proibitivo. Estamos vivendo cada vez mais um momento de aceitação e compreensão dos benefícios de uma planta que tem muitas histórias junto da humanidade, algumas delas não tão bonitas e com muitas vítimas. Eu vejo no hemp a possibilidade de transformar um símbolo que já foi motivo para pessoas serem perseguidas e criminalizadas em algo que hoje serve justamente para cuidar, preservar a integridade física e a saúde de quem procura por essa alternativa.

Dra. Silvia: Simples. Porque por conta dos seus efeitos antiinflamatórios, antioxidantes e não comedogênicos, o CBD promete ser um bom ativo para prevenir o envelhecimento e tratar as acnes.

Por fim, aqui vai uma seleção de produtos pra você começar a entrar no universo da hemp beauty e desvendar os seus benefícios:

O artigo Dossiê da Hemp Beauty: 5 perguntas respondidas por especialistas sobre o assunto foi publicado pelo Steal The Look.

+ Confira outros artigos no Steal The Look

Deixar Comentário