A forma sinuosa das serpentes foi traduzida, através da câmara de ar, cabos elétricos e pedras brutas, em joias anatômicas e impactantes. Uma simbiose de materiais inusitados criando um equilíbrio entre o urbano e a natureza. A coleção Snakes buscou na ambiguidade do mundo natural a sua essência: formas articuláveis e ao mesmo tempo rígidas, estética agressiva mas com profundidade minimalista, robustez e delicadeza em equilíbrio.

 

A densidade do design fica por conta do estudo do material. Os colares e braceletes são envoltos por câmara de ar de bicicleta, que criam linhas de movimento, e a base feita com cabos elétricos rígidos permite que as joias sejam moldadas ao corpo, tornando a interação com a peça ainda maior. Ametistas, cristais e turmalinas negras mantidas em seu estado original, são tesouros da natureza inseridos no descarte urbano. As pedras brutas juntas ao conceito dark da coleção são marcas do estilo nada convencional da Rust Miner. Estilo este que chamou a atenção da marca Ratier, que escolheu essa coleção para compor os looks de seu desfile no SPFWn43.

 

As características rústicas e as referências sombrias da Rust fizeram um link perfeito com a coleção do Ratier, que teve como tema as lendas do Leste Europeu, entre vampiros e ciganos os colares em formato de cobra se destacaram nos looks em tons de vinho. A mulher poderosa e autêntica que representa essa coleção pode ser vista no shooting feito pelo fotógrafo Matheus Gargioni Köche. A coleção Snakes agrega aos looks uma atmosfera extravagante e única, fortalecendo a beleza do que vem da natureza, como druidas contemporâneos.

 

Sobre a Rust Miner

 

A Rust Miner (Garimpeiros de Sucata em tradução livre) é uma marca de joias e acessórios que tem em seu DNA criativo a ressignificação de materiais descartados ou no fim da vida útil (upcycling), transformando-os em colares, pulseiras, anéis, carteiras, brincos e bolsas com acabamento refinados e uma ‘assinatura estética’ tão própria, que torna-se fácil reconhecer uma peça criada pela marca. Por trás da marca, está a dupla criativa Léo Begin e Raphael Fagiolo, Léo é MBA em Marketing e Raphael, Designer de Moda. A Marca nasceu em Jaraguá do Sul – SC no ano de 2013, em 2015, se mudaram para Florianópolis – SC, onde moram atualmente.

 

Pelo diferencial criativo, o apelo sustentável e posicionamento da marca, a Rust Miner obteve reconhecimento e teve suas peças expostas em dois eventos de grande destaque na área de design e moda:

 

Bienal de Design – Em 2015 foram expostos acessórios criados com partes de bicicleta na principal galeria da Bienal Brasileira de Design;

 

SPFW – Em 2016 e 2017 a marca foi selecionada junto a outras marcas para representar o estado de SC no São Paulo Fashion Week

 

 

Site: www.rustminer.com

Facebook.com/RustMiner

Instagram.com/RustMiner

Pinterest.com/RustMiner

Vídeo: http://vimeo.com/134562685