Considerado popular e meio simplório, ninguém dava bola para ele. Até que começou a frequentar as mesas do Copacabana Palace junto com estrelas de cinema e o próprio Presidente Getulio Vargas.